Cadastrem-se em nossos informativos para receber as novidades do site em seu e-mail:
Nome: E-mail:
Assinar Cancelar assinatura
Os benefícios do vinho
14/10/2012

Os benefícios do vinho
Foi na década de 90 que os benefícios do vinho começam a ser descoberto. Isso porque observaram que os franceses apresentavam um menor risco de morte do que os norte-americanos, e apesar dos franceses ingerirem uma grande quantidade de gordura saturada o nível de colesterol desse povo era relativamente baixo. Essas questões foram levantadas por um epidemiologista francês Serge Renaud, que denominou de “paradoxo francês”, comprovando que o maior diferencial na dieta francesa era o consumo de vinho.

Nos vinhos são encontradas substancias tânicas, os polifenóis, extraído das cascas de uvas durante o processo de vinificação. Estes são os responsáveis por algumas das principais ações benéficas do vinho. O resveratrol um poderoso antioxidante e antiflamatório também é encontrado no vinho tinto e em maior quantidade nos tipos Cabernet, Sauvignon e Merlot. E esta quantidade de resveratrol difere conforme a região, o clima e o solo que a uva foi plantada.

Os vinhos brancos não são fermentados com as cascas, somente o tinto, quanto mais polifenól o vinho tem, mais intensa é sua cor.

Porém os benefícios que o vinho traz, se resumem ao consumo moderado da bebida, o ideal recomendado são 250 ml (2 drinques) por dia, isso para homens, para as mulheres 120 ml (equivalente a 1 taça).

Uma das propriedades mais conhecidas do vinho é que ele ajuda a baixar o LDL, o chamado colesterol ruim, e a aumentar o HDL, o colesterol bom, além de ser um grande aliado para quem quer ter uma vida longa e saudável, ele faz bem ao coração, cérebro, aparelho digestivo, respiratório urinário músculos esqueléticos, e, para quem tem diabetes o hábito melhora o controle glicêmico e reduz o risco de infarto do miocárdio no paciente.

Estudos realizados em 98 e 99 apontam que o vinho reduz 20% os riscos globais de câncer, a ação dos polifenóis desativam a proteína NF - Kappa B, que tem muita importância na iniciação do câncer.

Também pode ser considerado agente de beleza, pois ele inibe a ação dos Radicais Livres que agem no nosso corpo, os efeitos dos antioxidantes são superiores aos da vitamina C e E.

Pessoas que bebem moderadamente estão 30% menos sujeitas a acidente vascular cerebral isquêmico.Isso também acontece com as doenças virais de pulmão. Além do que o vinho tem uma excelente ação anticoagulante.

Parte dos benefícios que o vinho traz encontram-se nas relações entre corpo e mente, o relaxamento que uma taça de vinho proporciona após as refeições conseguem controlar melhor o stress e depressão.

É importante lembrar que existem pessoas que não se beneficiam com o consumo da bebida, pessoas com arritmia cardíaca não podem tomar álcool de maneira nenhuma, e também para quem está malhando e quer desenvolver massa muscular o vinho pode atrasar o processo.

O vinho não precisa ser antigo para ter ações benéficas, pois não é a antiguidade do vinho que influi, hoje em dia podem ser encontrados no mercado bons vinhos de safras novas.

O vinho, após aberto, tem uma perda de suas propriedades em 24 horas e uma maior em 48 horas.

Vale lembrar que a apreciação do vinho deve ser feita dentro das doses indicadas, pois se a pessoa exceder nas doses diárias, irá acontecer uma ação direta sobre o fígado, as enzimas hepáticas aumentam sensivelmente, aumenta a incidência de mortes violentas e também o problema do alcoolismo.








Rua Euler Pereira Cardoso, quadra 285 casa 4 B - Salvador - Bahia | Cep: 41.600-045
Tel: (71)996678997
Desenvolvimento!