Cadastrem-se em nossos informativos para receber as novidades do site em seu e-mail:
Nome: E-mail:
Assinar Cancelar assinatura
Feliz aniversário - Lembranças 2ª edição
11/09/13

Feliz aniversário - Lembranças 2ª edição
Tudo começou em 11 de setembro de 1939, no distrito de Castelo Novo, que pertence ao lindo município de Ilhéus, quando você nasceu. Era uma linda garota!

Aos 12 anos veio a conhecer seu primeiro e único amor (Mário). Aos 14, já estava noiva, e aos 17, muito jovem e ingênua, já estava casada e tendo o seu primeiro filho. Uma menina nascida pré-matura, com sete meses de gestação. E foi de maneira inesperada, já que por mais incrível que pareça, você não sabia que estava grávida. Também, nem sequer tinha barriga de grávida!.

Aos 18 anos nascia seu segundo filho, um lindo menino (eu). Aos 19, seu terceiro filho, mais uma menina. Aos 21, nascia seu quarto filho, outro menino.

Tudo andava as mil maravilhas, seu marido trabalhando na Petrobrás e envolvido com política, sendo eleito Deputado Federal em 1962, a família morando em Salvador. O futuro parecia brilhante. De repente, em 1964, veio o golpe militar. Seu marido foi preso e você, uma menina-mulher, ingênua e inexperiente, 24 anos de vida, quatro filhos, com idades de sete, seis, quatro e dois anos, vendo toda a sua vida e sua família desmoronar.

Foi então que aquela menina agigantou-se, e com todo o amor que tinha pelos seus entes queridos, tornou-se uma felina, lutou com unhas e dentes para proteger seus filhos e apoiar seu marido.

Sofreu com seu marido preso e, após a soltura, você e sua família viveram como ciganos. Primeiro Londrina, uma casa sem móveis, cuja sala transformou-se em área de lazer para os filhos. Um campo de futebol!

Apesar de todas as dificuldades, as coisas caminhavam bem. Nasceu, então, seu quinto filho. Uma garotinha paranaense, filha de baianos, com irmãos baianos.

Novamente, tivemos que seguir outro rumo, e fomos para o Rio de Janeiro, onde a vida ficou mais difícil ainda.

Continuamos, seguindo nosso rumo, e nos mudamos para São Bernardo do Campo. Tudo muito sofrido, as dificuldades aumentando, até a comida era regrada. Seu marido sendo processado em Salvador. Então, após muita discussão, foi tomada a decisão do retorno a Salvador. A família separada, espalhada nas casas dos parentes, o marido novamente preso. Que fardo pesado, mãe!

Com a ajuda financeira de alguns familiares e muitos amigos da Petrobrás, conseguiu-se pagar o advogado, e também a locação de um apartamento, no sub-solo de uma residência, no bairro da Caixa D’agua. Por falta de condições financeiras, todos tinham que ir a pé para o colégio ou para a Casa de Detenção, quando das visitas ao pai/marido detido.
.
Finalmente, após quase dois anos, seu marido foi solto, mas as dificuldades continuaram. Algum tempo depois veio o pior golpe na sua vida, a separação! E hoje tenho a certeza de que seus filhos foram a base que lhe deu sustentação para continuar ”tocando a vida”.

Separada, você viu “seu marido” dar a volta por cima, retornando á Petrobrás, ao Sindicato, e á política, tendo cumprido mais dois mandatos como deputado federal.

Apesar da separação, era grande a gratidão que ele tinha por você, pois jamais deixou lhe faltar nada e se tornou, então, talvez, seu melhor amigo. E o seu amor por ele a tornou a melhor e mais fiel amiga dele.

Sua vida passou a ser dedicada aos filhos, depois aos netos e agora aos bisnetos. É, mãe, quem imaginaria que aquela simplória menina de Castelo Novo se tornaria a guerreira que você foi e continua sendo. E depois da morte do meu pai, mais uma vez lhe restou a missão de ser mãe e pai. Obrigado, por tudo que você já fez, e por tudo que ainda fará, por mim e por todos os meus irmãos.

Você é uma mulher abençoada por Deus. Feliz aniversário


GDRL

11/09/2012






Rua Euler Pereira Cardoso, quadra 285 casa 4 B - Salvador - Bahia | Cep: 41.600-045
Tel: (71)996678997
Desenvolvimento!